Destaque

CCR abre 100 vagas em curso exclusivo de empreendedorismo popular em tecnologia

Iniciativa vai criar negócios nas periferias orientados à transformação digital: aplicativos, plataformas online, novos meios digitais de comunicação, entre outros.

O Instituto CCR, em parceria com a Empreende Aí, apresenta o seu novo curso de empreendedorismo tecnológico, dedicado à transformação digital. São 100 vagas para formar pessoas que desejam abrir o próprio negócio em territórios populares, favelas e periferias, mas dessa vez, em tipos de trabalho que promovam impacto social e inclusão tecnológica às comunidades atendidas.

A programação chegará aos estados de São Paulo, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e DF, mas estará aberta a pessoas de todo o Brasil. Na região da CCR SPVias, todas as pessoas que desejam abrir seu próprio negócio e residem nos *26 municípios lindeiros, entre eles Tatuí, Itapetininga, Avaré, Itapeva, Itararé e Capão Bonito, podem participar. O curso se desenvolve em linguagem simples, ágil e livre de jargões ou termos que inibam a criatividade dos participantes, que serão preparados para criarem modelos de negócios a partir das interfaces para aplicativos, plataformas online, novos meios digitais de comunicação, entre outros recursos que poderão surgir durante o curso.

“Criar negócios populares a partir de soluções tecnológicas está no cerne de grandes eventos que já são hit mundo a fora, como Hackathons e olímpiadas de Ciências, entre outros. O nosso case avança o tema e chega às populações mais vulneráveis, quase sempre excluídas até mesmo de agendas mais básicas da economia digital. O que estamos fazendo é conciliar inovação, inclusão social e tecnológica e acessibilidade, tudo isso convergindo para o propósito de geração de renda” avalia Tonico Pereira, diretor de Comunicação e Sustentabilidade do Grupo CCR. 

*Municípios CCR SPVias

Itapetininga, Tatuí, Itapeva, Avaré, Itararé, Capão Bonito, Santa Cruz do Rio Pardo, São Miguel Arcanjo, Araçoiaba da Serra, Itaí, Itatinga, Capela do Alto, Buri, Cerqueira César, Itaberá, Cesário Lange, Bofete, Sarapuí, Porangaba, Iaras, Pardinho, Águas de Santa Barbara, Alambari, Taquarivaí, Quadra e Torre de Pedra.

INSCRIÇÕES E DETALHES

O Despertando o Empreendedor na Tecnologia está aberto para pessoas com mais 18 anos. Fora isso, não impõe nenhum critério específico, além da vontade de empreender, ter ao menos uma ideia de negócio e residir prioritariamente em territórios populares. As inscrições podem ser feitas até 07 de setembro, são gratuitas e devem ser realizadas pela página oficial do projeto. www.empreendeai.com.br

FORMATO | CAMINHOS DE CONHECIMENTO

MÓDULO 1 – Autoconhecimento e Ideação

MÓDULO 2 – Público, Nicho e Mercado + Oportunidades em Momentos de Crise

MÓDULO 3 – Inovação (Modelo de Negócio e MVP)

MÓDULO 4 – Planejamento e Gestão do Tempo + Gestão Financeira

MÓDULO 5 – Vendas + Comunicação e Marketing

MÓDULO 6 – Storytelling e Pitch

– Conteúdos complementares: Logística e Estoque e Gestão de Equipe.

“O universo digital não pode ser um privilégio apenas daqueles que possuem mais recursos. Nossa ideia é mostrar para as periferias e territórios populares como a tecnologia e a inovação podem ser acessíveis e como elas podem fazer o negócio mudar de patamar com uma mudança de mentalidade a respeito da mesma” afirma Luis Coelho, administrador de empresas e sócio-fundador da Empreende Aí.

O Instituto CCR coleciona cases de geração de renda no Brasil e já ultrapassou a marca de 160 milhões de reais convertidos em inclusão social. Só em 2020, o legado contabiliza 39 iniciativas, em 115 cidades, beneficiando 2,5 milhões de brasileiros. Os indicadores estão no Relatório de atividades.

CCR abre 100 vagas em curso exclusivo de empreendedorismo popular em tecnologia 2

Deixe um comentário