Política

Alesp realiza audiência pública do Orçamento estadual de 2022 em São Bernardo do Campo nesta quinta, 26 de agosto

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo realiza, nesta quinta-feira, 26 de agosto, a partir das 19h, a sétima audiência pública do Orçamento estadual para 2022, na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. A reunião terá como presidente o deputado Márcio da Farmácia (Podemos).

O público tem diversas maneiras de participar. A primeira é enviar sugestões ao Orçamento pelo WhatsApp, no número (11) 9 3404 9001, ou pelo site da Alesp. A segunda é se inscrever antecipadamente, através de um formulário, para participar através da plataforma Zoom. A terceira é comparecer pessoalmente no local onde será realizada a audiência da sua região. E a quarta é acompanhar pela TV, YouTube e redes sociais da Rede Alesp, onde serão transmitidas as reuniões.

Todas as informações relacionadas ao calendário, sugestões, inscrições e localidades podem ser encontradas na aba "Audiências Públicas do Orçamento", no site da Alesp (https://www.al.sp.gov.br/).



"As audiências públicas do Orçamento são especiais, porque é quando a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo vai até o cidadão para ouvir as necessidades e as demandas da sua cidade e região, seja na área da saúde, da educação, do transporte ou habitação. Neste ano, a Alesp está oferecendo todas as condições para que as audiências possam ser realizadas em diversas regiões do Estado, com a participação de todos", disse o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari.

Residente do município de Diadema, vizinho a São Bernardo, no Grande ABC, o deputado Márcio da Farmácia falou que a partir da audiência será possível ter um parâmetro das necessidades da região. "A região vem recebendo incentivo e empreendedorismo da parte do governo do Estado, mas ainda falta muita coisa. Precisamos discutir sobre o transporte público, novas empresas na região para geração de emprego, saúde, esporte, cultura, lazer, e nada melhor do que ouvir a população, as entidades e órgãos públicos da região", afirmou.

São Bernardo do Campo, fundada em 1953, foi uma das primeiras cidades brasileiras por estar localizado próximo ao litoral. Atualmente, tem uma população estimada de 844.483 e um PIB per capita de R$ 60,6 mil -o quinto maior do Estado e o décimo quarto no Brasil. A sua economia é baseada no mercado automobilístico desde 1950 e foi sede das primeiras montadoras no país.

A região ainda abriga parte da represa Billings, responsável por fornecer abastecimento de água ao Grande ABC e parte de São Paulo. Ela transfere água para a represa Guarapiranga e para o sistema Alto Tietê.

Deixe um comentário