Polícia

Suspeito de matar Susana Dias é preso e confessa o crime

Na noite de ontem (21/11), a Polícia Civil prendeu o homem suspeito de matar Susana Dias Batista. De acordo com o delegado Agnaldo Nogueira Ramos, titular do caso, o homem confessou a autoria do crime.

“Pelas provas carreadas aos autos foi formalmente interrogado e indiciado pelos crimes de Latrocínio e Estupro Qualificado”, informou o delegado.

Raimundo foi preso por volta das 18h00 na Vila Nastri II, e chegou a resistir. No local, foram apreendidas as roupas que o suspeito utilizava no dia do crime e logo Raimundo foi conduzido á DIG, onde foi ouvido pelo delegado, momento esse que confessou a autoria do crime.

“A motivação era roubar a vítima, e de fato teria mandado a vítima sair do local, para se evadir e que mandou que a vítima se despisse, mas não chegou cometer a qualquer tipo de abuso contra ela”.

DESAPARECIMENTO DE SUSANA DIAS

Susana desapareceu na quarta-feira (17/11) por volta das 14h30 em Itapetininga/SP, quando saiu para almoçar com o veículo da empresa em que trabalhava. Logo, os familiares comunicaram a polícia sobre o desaparecimento e iniciaram junto de amigos, as buscas e compartilhamentos nas redes sociais.

A filha de Susana, assim que recebeu a notícia do desaparecimento, rastreou o celular da mãe e a procurou pelos locais em que havia passado.

"Vi que o sinal do celular da minha mãe indicou que ela passou por uma farmácia e depois por Alambari/SP. Fui até os comércios e pedi as imagens. Consegui vídeos e descobri que minha mãe foi abordada por um homem, ainda na farmácia", conta a jovem.

Em um dos vídeos em que a filha teve acesso, é possível ver o veículo em que Susana estava estacionado em frente a farmácia e o momento em que o suspeito a aborda.

O homem se aproxima, olha para os lados e aparenta entrar no veículo pela porta do motorista.

CORPO ENCONTRADO

Segundo informações, o corpo de Susana foi encontrado um dia após o crime, por parentes e amigos que realizavam as buscas.

O corpo foi encontrado às margens da Rodovia Vereador Humberto Pellegrini, SP-268, entre Itapetininga e Alambari.

Susana foi encontrada apenas com as roupas intimas e com hematomas pelo rosto, já sem vida.

A Polícia Militar e Civil, juntamente do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência estiveram no local. O corpo foi recolhido pela funerária e encaminhado ao IML – Instituto Médico Legal, para realização de perícia.

 Foto: Polícia Civil/Divulgação

Deixe um comentário